2 de julho de 2017

sempre muda alguma coisa...

sempre muda alguma coisa
sempre são outras pessoas
somos muito diversos e nunca
somos todos convexos e sempre

a gente se perde exatamente nisso que a gente é
a gente consegue ser a imagem do espelho
dar as mãos a estranhos ir pra cama com avessos
a gente sempre se concentra nisso que a gente não é

algo estranho acontece no peito de quem se olha
algo diferente se desenrola na cara de quem se vê
toda piscadela registra um ato falho da pálpebra
o que a gente enxerga foge do alcance do tapa

Fábio Pessanha

Nenhum comentário: